sábado, 23 de setembro de 2017

O que são dipnoicos?

Olá queridos amigos!
Para este domingo dia 24 de Setembro estaremos regidos pelo Arcano O 4 de água.
Este ser que estampa a postagem é o que chamamos de peixe dipnoico. Este peixe se diferencia dos peixes normais por ter a capacidade de respirar fora d'água. Sua estrutura permite que fiquem por até 4 anos até que possam retornar para seu habitat natural e ainda assim sobreviverem.
Por isso foi inteligentemente relacionado a este Arcano de número 4, ja que este numero nos lembra da necessidade de recolhimento, pausa, reflexão e meditação.
A chuva vem retornando lentamente por aqui, depois de um longo período de seca.
Assim são as fases da vida. Há momentos em que as oportunidades batem a nossa porta. A vida movimenta, e tudo que devemos fazer é aproveitar.
Porque depois vem a fase onde tudo parece ficar mais sossegado, sem novidade, sem movimento, e dai não adianta reclamar. O jeito é esperar que as coisas voltem a circular.
E toda pausa tem seu lado bom. Ela nos prepara, faz com que consigamos avaliar melhor emoções, relações e a maneira como temos lidado com essas coisas.
Quando a vida nos convocar pra agir, certamente poderemos estar melhor preparados principalmente no sentido afetivo de ser.
Sendo assim: calma, respira fundo, medita e se volta pra sua conexão espiritual. A resposta virá na hora certa.
Para o dia: momento preguiça nos aguarda! Beijos queridezas!

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Viva O rei

Olá queridos amigos!
Para este sábado recebemos a visita do Deus do Trovão, Rei de Oyó, Xangô.
Este orisá rege a Justiça Divina que tem o objetivo de equilibrar a vida em toda a sua plenitude.
Por isso cada Ação tem uma Reação. A vida é muito justa e não tem preferidos.
Quando tem que nos puxar a orelha, ou quando tem que nos beneficiar, lá está ele , Xangô a nos direcionar o seu Oxê.


Nada na vida acontece por acaso, e mesmo que indiretamente não coloquemos a nossa mão na fogueira, algumas atitudes ou pensamentos podem contribuir para que situações negativas acometam a todos nós.
Hoje estamos nós enfrentando novamente a tentativa de impedirem a nossa liberdade de crença e de orientação sexual, como se isso fosse fazer com que esse amor, essa fé que temos pelos Orixás fosse acabar porque simplesmente uma pessoa acredita que somos errantes em nosso modo de ser.
Mas esta intolerância tem servido para que pessoas de diferentes rituais estejam buscando novamente a união, que de alguma forma vem se perdendo por conta de vaidade e competição de quem é regido pelo Orisa mais poderoso, quem faz e acontece.
Assim como existe uma competição no universo GLBTTT, para ver quem é o mais belo, o mais forte, quem consegue ser mais masculino ou feminino, e por ai vai.
Essas competições fizeram com que a essência, a energia perdesse força, e como consequência, fizesse crescer a energia da oposição. Se uma classe marginalizada se ataca, como vai ter força pra encarar os obstáculos que surgem de fora.
Por isso se faz necessário que todo este movimento que se tem visto nas redes sociais, não parem por ai.
As casas de axé precisam se unir, as pessoas precisam dar mais valor ao sagrado e não para a roupa que vão vestir em determinado evento do salão. Assim como as minorias precisam continuar se unindo aqui fora. Chega de ficar apontando o dedo para o afeminado, porque o preconceito é dirigido pro gay afeminado, pro gay enrustido, pro gay macho. De alguma forma todos sentimos o peso do preconceito.
Que tal unirmos a nossa força de verdade? Comecemos a olhar o próximo como realmente uma extensão da gente.
A velha máxima : " Ame ao próximo como a ti mesmo."
Assim Xangô certamente vai conseguir agir com mais força para que a Lei Espiritual se cumpra.
Paz, Amor, harmonia é o que desejo para todos nesse final de semana.
E que sejamos justos.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Buscando a liberdade:

Olá queridos amigos!
Para esta sexta-feira saí com o Arcano O oito de espadas ou de Ar como preferirem.
Esta carta surge como uma consequência natural da atitude tomada no Arcano Anterior, O sete de espadas.
Neste Arcano vemos uma figura fugindo com espadas nas mãos, e a cena deixa claro que esta pessoa roubou algo que não era seu. Geralmente o roubo é de ideias, mas ele pode se relacionar com documentos de toda a sorte.
No oito de espadas o espertinho se dá mau e é preso. Agora vai ter que refletir sobre seus passos até aqui, embora no Arcano que lhe segue a novela , ainda corre-se o risco do danadinho tentar mais uma das suas.
Mas se conselho fosse bom, ninguém daria, já diz o ditado.
Toda ação tem uma reação, e não pensem que todo mundo que apronta se dá bem porque está ali exibindo algo que consideramos bacana, porque ninguém sabe o que se passa no coração dessas pessoas. E principalmente na consciência delas, quando a noite chega.
Outro aspecto que pode servir para alguns de vocês é no plano emocional.

 
Um dia a gente vai perceber que não se pode prender pássaros nem corações. Karl Rogers.


Leia mais: http://cuidar-do-ser.webnode.com.br/news/reflexao-um-dia-a-gente-vai-perceber-que-nao-se-pode-prender-passaros-nem-coracoes-karl-rogers/


Acho que esta frase parte do texto do link acima, sintetiza o que devemos de uma vez por todas colocar em nossa cabeça. Amor é algo que nasce , não se planta na cabeça de quem não o tem. Querer fazer o outro sentir aquilo que não existe dentro dele, é pura perca de energia. A mente é livre, e por mais que a pessoa finja, um dia o verdadeiro Eu se liberta e ai a coisa pega, e pega com juros e correções monetárias.
E tenho dito. Bom final de semana para todos!

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Cuide dos pensamentos:

Olá queridos amigos!
Para este dia 20 de Setembro sai com A carta Elemento Ar e A Carta Yemanja.
Novamente ela vem por aqui nos abençoar e trazer a sua adorável energia de Grande Mãe que ela é.
Yemanjá é quem nos recebe neste mundo, nos segurando pela cabeça e por isso tem relação direta com a figura da parteira.
Nos cuida com muito amor e carinho até que o nosso Orisá pessoal se apresente e tenha conosco uma relação formalizada que se dá quando o médium se inicia e faz o santo.
Yemanjá rege os pensamentos, o nosso Pscicológico.
Assim como O elemento Ar que nos visita, o tema para o dia se volta para a forma como viemos pensando.
A nossa mente e como um para raio e faz com que tudo que está nela, de alguma forma se materialize em nossa vida.
Se alimentamos a negatividade, ela de alguma forma começa a fazer presente no dia a dia.
Por isso é preciso que a gente cuide dos pensamentos. É preciso se valorizar, se amar, se respeitar e acreditar na sua capacidade se Ser e Acontecer.
Cada cabeça uma sentença, já diz o ditado.
Por isso minha mensagem se volta para o pensamento positivo:
Oração da mente positiva 
A paz se origina em mim mesmo. A serenidade do poder cósmico de Deus inunda minha mente; o espírito da bondade se irradia de mim para toda a humanidade.
Eu me abrigo no mais secreto recanto do sltíssimo e proclamo, sincera e afetuosamente, que todos os membros da minha família, todos aqueles que me são associados, e todo ser; são divinamente orientados a verdadeiramente se manifestarem na vida, a fim de se tornarem, sob todos os aspectos, divinamente felizes e prósperos. 

O rio da paz de Deus corre através da minha mente e do meu coração, fazendo com que eu irradie paz e bondade para todas as pessoas. Sinto que estou sempre envolvido e protegido por um círculo infinito de correção e de amor divinos. 

Declaro e firmemente proclamo, com fé e confiança, que a sabedoria cósmica de Deus inspira o meu intelecto. Sei, portanto, que sou inspirado pelo altíssimo. Vejo em tudo harmonia e não discórdia, paz e não dor, amor e não ódio, alegria e não tristeza. Vejo vida e não o que se chama morte. 

Todos aqueles que me são caros e que a mim estão associados acham-se incluídos em minhas orações, o que faz com que se tornem completamente receptivos ao amor divino. Perdoo sempre espontânea e inteiramente, a todos aqueles com os quais estou em desacordo, abstendo-me de toda e qualquer amargura e hostilidade. Vejo sempre, nos outros, a imagem divina e lhes desejo sempre saúde, felicidade, paz e todas as bênçãos da sabedoria cósmica e eterna. 

Dedico, espontaneamente, aos outros o meu amor, a minha sabedoria, a minha compreensão e meus recursos, distribuindo-lhes, segundo a orientação divina , as suas riquezas. A paz de Deus, que foge a toda compreensão, inunda, agora e sempre, a minha mente e o meu coração. 
Mudança e variação por toda parte. (Joseph Murphy).

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Saindo de cena

Olá queridos amigos!
O 4 de espadas vem nos visitar neste dia 19 de Setembro.
Espadas sempre trazem aquele clima mais tenso no ar, com a mente a mil por hora pensando nos problemas e nas possíveis soluções para resolvê-los. Queremos tanto o resultado final que nem compreendemos o porque de estarmos passando por certos problemas ou desafios.
Porém com este Arcano o dia pede pausa, pede reflexão, pede relaxamento.
É o momento de sairmos de cena para deixarmos a mente respirar um pouco.
As vezes é preciso distrair a mente , não ficar tentando compreender ou buscar respostas. simplesmente entregar nas mãos do Criador.
Aos poucos as coisas vão fazendo um sentido e começamos a ter uma melhor visão do que é preciso fazer para seguir em frente.
Por hora, relaxa.
E para o dia: afastamento forçado por conta de algum problema de saúde, licença médica, férias. Dia para avaliações físicas.
O plano pode ser feito, mas não há garantia que consigamos realizar tudo que temos na cabeça.
Importante é tentar e estar aberto a mudanças.

domingo, 17 de setembro de 2017

Momento de transformação

Olá queridos amigos!
Para hoje sai com dois Arcanos do Deck O taro dos Orisas, de Zolrak: A morte e Yemanja.
A morte vem nos lembrar que a vida é movimento, e que vários ciclos se fazem necessários para que este movimento aconteça.
Todos nós passamos por diversos ciclos desde o momento em que chegamos aqui neste mundo, até o momento em que sairmos dele e mais além , porque a alma estará sempre buscando a sua evolução e sendo direcionada por diversos planos.





A morte portanto é um Arcano de mudança, de transição entre aquilo que morreu, perdeu força ou expirou, e aquilo que está a nascer, começar, ganhar força.
A inocência da infância morre quando a adolescência começa a aflorar e com elas os questionamentos e mudanças de humor, sentimentos, visão de mundo começa a mudar, Depois vem a fase adulta onde novamente se vemos atravessando um novo ciclo, nos percebendo de uma forma diferente. Para uns a gratidão , para outros o sofrimento, enfim, lidar com o novo não é tão simples quanto parece.
Porém saber que a cada dia temos a chance de nos transformamos enquanto seres humanos, parece gratificante.
Se aceitar enquanto seres passíveis de erros, e ainda assim, não perder a vontade, a coragem, a energia para mudar , para conquistar e principalmente para se conectar com aquilo que lhe faz bem.
A morte nos faz este convite. Deixarmos para trás tudo aquilo que nos fez mal, tudo aquilo que não foi de encontro com nossas expectativas, e nos voltarmos para novos projetos, novas formas de ver a vida. Sempre buscando o melhor dentro de si, e nas pessoas.
Todo mundo pode mudar sim, devemos acreditar nisso. Mas muda quem acha que precisa mudar, e não quando impomos uma mudança para a pessoa.
Por isso devemos nos preocupar mais com a maneira com que encaramos a vida, do que a forma como as pessoas são. Cada vida é responsabilidade de quem as vive.
E pra não esticar mais sobre isso, esse Arcano me lembra de que tem alguém muito importante neste dia 18 de Setembro passando por um momento de transição. Minha querida irmã estará neste momento deixando para trás o ciclo dos anos 30 e entrando no ciclo das quarentonas.
Desejo que Yemanjá, orisá que complementa este Arcano da morte, seja para seu novo ciclo, a paz, a harmonia, a criatividade, a receptividade, o colo, os bons pensamentos, a pureza de alma.
Que esta Grande mãe abençoe a semana de todos que passam por aqui.
Que limpemos a nossa mente, o nosso coração, o nosso corpo com as águas do amor e do perdão.
Um novo dia está raiando e com ele a promessa de um ciclo de bonança, saúde e prosperidade.
Axé!

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Aquele amigo que........

Olá queridos!
Para este sábado saí com a carta do Baralho Cigano 18- O cachorro.
E não tem como não pensar na figura do amigo quando este anjo de quatro patas surge numa jogada.
Ele é a certeza de que não estaremos sozinhos nessa caminhada, seja passando por momentos de festa ou de alguma dificuldade.
Todo amigo é especial, ao mesmo tempo que cada amigo nos trás uma energia, uma ferramente própria.
As combinações dessa carta podem nos  mostrar diversos tipos de amigos que certamente você que estiver lendo vai relacionar com alguém que conheça.
Existe aquele amigo que nos impulsiona a seguir um caminho na vida. O cachorro + O cavaleiro.
Existe aquele amigo que surge num momento de dificuldade, mesmo que pequena. O cachorro + O trevo.
Também podemos ver nessa combinação, aquele amigo que tem o dom de nos trazer boa sorte.
Existe aquele amigo que vem de longe, mas também aquele amigo que a vida leva para longe da gente, e ainda assim a energia, o sentimento se mantém. O cachorro + O navio.
Há quem diga que conheceu um amigo numa viagem ou mudança de vida.
Existe aquele amigo que já é de casa, que chega sem cerimonia, que cativa toda a família. Aquele amigo intimo, que conhece a gente por dentro e por fora. O cachorro + A casa.
Existe aquele amigo que faz de tudo para que a amizade cresça cada vez mais. Essa amizade se torna tão forte que o consideramos parte de nossa raíz. O cachorro e A árvore.
Aquele amigo que de tão sábio nos enriquece a alma.
E muitos outros tipos que levariam um tempo para que pudéssemos definir.
Para hoje, um amigo se fará importante em nosso dia. E que esta presença seja positiva, que nos traga bons conselhos, que nos anime, que nos ampare.
Viva O amigo!

Disqus for Senhor da Vida Tarot